Tecnologia e Métodos de Gestão de Pessoas

O que um bom plano de Cargos e Salários pode fazer pela empresa?

Nas empresas, "Porque sim" também não é resposta. Por isso, neste artigo te ensinamos por que criar um bom plano de cargos e salários. Confira!
Tempo de leitura 8 min

Muitas empresas demoram a perceber a necessidade de organizar sua força de trabalho de uma forma estruturada. E também de adotar uma gestão mais eficaz dos custos de folha de pagamento. Quando se dão conta e sentem essa necessidade, o primeiro passo é a implantação de plano de Cargos e Salários. Muitas empresas tomam essa decisão, motivadas por questões de riscos trabalhistas, mas um plano de cargos e salários traz muitos outros benefícios para as empresas e colaboradores.

Incertezas e inseguranças dos colaboradores

Por que uns ganham mais e outros menos? Como evoluir na carreira? Por que uns são promovidos e outros esquecidos na função? Por que uns recebem aumento de salário e outros não? O que é preciso fazer para ter reconhecimento? Porque só alguns são favorecidos? Os salários estão alinhados ao mercado?

Onde não existe um plano de cargos e salários bem estruturado, políticas, regras e critérios claros, todos esses questionamentos passam pela cabeça dos colaboradores! E tudo isso impacta diretamente o clima organizacional. Como consequência, tira a energia e desestimula as pessoas, desvia seu foco no trabalho e afeta a produtividade e os resultados organizacionais. Além disso reduz o poder de atração e retenção de talentos na empresa.

Um importante questionamento que deve ser feito pelas empresas é: o que custa mais caro? Implantar ou não implantar um bom plano de cargos e salários?

Estruturar e implantar a gestão de cargos e salários proporciona inúmeros benefícios e vantagens! Vantagens que com certeza vão diferenciar a empresa daquelas que não dão atenção para essa prática. Eu vou relacionar aqui os benefícios e vantagens mais significativos.

O plano de Cargos e Salários promove o equilíbrio interno

É fato incontestável que as questões relacionadas a salário são polêmicas por natureza no contexto organizacional. As pessoas, com frequência, tendem a acreditar que são merecedoras de quantias maiores que as recebidas.

Talvez, em razão disso, seja muito comum que as organizações tratem seus planos de cargos e salários como assunto confidencial. No entanto, por mais que tentem esconder, as pessoas conversam e comentam sobre seus salários. Isso inevitavelmente leva a comparações e incompreensões das diferenças salariais.

Um bom sistema de cargos e salários organiza os cargos em uma ordem hierárquica. Essa hierarquia é baseada na complexidade e no caráter estratégico das funções definidas para cada um. Quanto mais complexas forem as funções, maior será o nível requerido de competências e maturidade profissional. Quanto mais estratégico, maior o valor do cargo para a organização. Dessa forma, os cargos mais complexos e mais estratégicos terão os salários maiores na organização. Essa é a base do equilíbrio interno.

Um plano de cargos e salários bem estruturado, com políticas e regras claras, explica para os colaboradores as razões das diferenças salariais.

O plano de Cargos e Salários possibilita o equilíbrio externo

O equilíbrio externo diz respeito à relação entre os salários pagos pela empresa aos seus colaboradores e os salários praticados por outras empresas no mercado.

A empresa precisa alinhar suas práticas salariais com as práticas do mercado, já que, caso isso não seja feito, a organização corre o risco de pagar mais do que o necessário. E se isso estiver acontecendo, significa que a empresa está desperdiçando recursos.

Isto é, a empresa precisa estar em equilíbrio com o mercado para não ficar isolada do mundo nas estratégias de remuneração. Isso porque o desequilíbrio em relação aos salários praticados no mercado dificulta a atração de talentos, e, além disso, expõe a empresa a grandes riscos de perda de profissionais.

 A estrutura e a descrição de cargos fundamentam os subsistemas de RH

A estrutura de cargos e a descrição de funções vão além do plano de cargos e salários, pois formam a base para praticamente todos os subsistemas de RH, se forem bem construídas!

Mas, você sabe o que é uma estrutura de cargos bem construída? É aquela em que a quantidade e os tipos de cargos são definidos para atender a demanda do negócio. Não aquela estrutura em que se criam cargos para outros propósitos como justificar aumentos de salários ou para possibilitar pseudo promoções.

E o que é uma descrição de cargos bem construída? É aquela que reflete uma divisão eficaz do trabalho, visando o alcance dos resultados da empresa. Ou seja, é aquela em que, além do detalhamento das atividades e responsabilidades, define também o desempenho esperado do cargo, alinhados aos desempenhos organizacionais. Assim como define o perfil de competências requerido de um profissional para ocupá-lo, sempre tendo em vista o alcance de resultados coletivos. Tudo isso se resume a três questões essenciais da Gestão de Pessoas: o que cada um deve fazer, o que cada um deve entregar e o que cada um precisa saber.

Uma estrutura de cargos bem formatada, com descrições de cargos bem construídas embasa o processo de recrutamento e seleção, pois define o perfil requerido para cada cargo. Fornece subsídios para a política de remuneração, uma vez que organiza os cargos por graus de complexidade e orienta a prática de remuneração. Orienta a gestão de carreiras, pois os degraus entre os cargos na hierarquia organizacional. Orienta o processo de gestão de desempenhos, pois define os desempenhos esperados de cada cargo. E o processo de gestão de competências também!

Sistema de Cargos e Salários x Riscos Trabalhistas

Um bom sistema de Cargos e Salários bem construído e bem gerido traz para as empresas outro benefício: a prevenção de riscos trabalhistas.

Isto é, quando as empresas se organizam, adotam regras e critérios bem definidos, e gerenciam efetivamente o plano de Cargos e Salários, criam uma base consistente e sólida de prevenção de riscos e de defesa em situações de litígios trabalhistas.

O plano de Cargos e Salários orienta a evolução profissional

Um bom plano de Cargos e Salários organiza a estrutura de cargos e define as funções de cada um.

Essa organização coloca os cargos em uma ordem hierárquica de complexidade que permite compreender as diferenças entre um cargo e outro, mostrando os caminhos para o crescimento profissional.

Ou seja, um bom plano de Cargos e Salários evidencia o que cada um deve fazer, o que cada um deve entregar e o que cada um precisa saber em cada degrau da carreira profissional. Essas são três questões essenciais da Gestão de Pessoas, porque elas criam condições e orientam pessoas para que elas possam se preparar para ocupar níveis mais elevados de carreira.

O plano de Cargos e Salários melhora o clima organizacional

Para ser eficaz e cumprir seu propósito, um plano de cargos e salários bem estruturado deve contar com uma política salarial. Essa política suporta e orienta a gestão dos salários na empresa, ou seja, ela deve trazer regras e critérios claros para possibilitar a compreensão das pessoas e proporcionar uma visão de carreira.

Regras e critérios claros, divulgados e compreendidos melhoram as relações no ambiente organizacional, já que “o combinado não é caro”!

Além disso, regras e critérios bem estabelecidos fazem com que o ambiente seja mais seguro, mais sólido. E isso melhora a satisfação dos colaboradores, assim como o clima organizacional.

Já quando não existem regras claras para justificar as diferenças, é muito maior o risco dessa situação provocar impactos na motivação dos colaboradores e na produtividade das equipes.

Um bom plano de Cargos e Salários favorece a produtividade

O plano de cargos e salários, sustentado por uma boa política salarial, melhora o clima organizacional. Consequentemente favorece o engajamento e a produtividade das pessoas! E isso é muito bom para todos: para a empresa, para empresários/acionistas, gestores e colaboradores.

Assistam o vídeo sobre os efeitos do clima organizacional sobre os resultados da empresa.

Vamos estruturar os cargos e salários nas nossas empresas, e a partir daí estruturar todos os processos de RH para que a empresa seja mais produtiva e alcance melhores resultados para que todos ganhem e o RH mostre sua força e seu valor!

Clique aqui e faça o download do infográfico com o mapemento dos benefícios da iMplantação de Cargos e Salários.

ASSISTA TAMBÉM

Vídeo sobre as Etapas de Implantação de Cargos e Salários.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on email