Tecnologia e Métodos de Gestão de Pessoas

Três coisas sobre avaliação de desempenho que você precisa saber!

Avaliação de desempenho
Tempo de leitura 4 min

Como funciona a avaliação de desempenho na sua empresa? O processo de avaliação está cumprindo seu papel estratégico, ou não?

Antes de responder essas questões, tem três coisas sobre avaliação de desempenho que você precisa saber! Sentiu uma pontinha de curiosidade? Então, continue a leitura!

Mas, antes de qualquer coisa, vamos deixar clara a importância da avaliação de desempenho. Trata-se, inegavelmente, de uma parte crucial do processo de gestão de desempenhos e competências.

Além disso os resultados das avaliações geram uma base valiosa de dados e informações.

E sabe para que serve essa base de dados informações?

Para fundamentar decisões de promoção e carreira. Para orientar a elaboração de PDI – plano de desenvolvimento individual. Serve também para embasar as decisões de cargos e salários.

Isso só para citar alguns exemplos!

Então, a avaliação de desempenho é ou não é um processo pra lá de importante?

Isso posto, vamos às 3 coisas que você precisa saber sobre avaliação de desempenho.

I. O processo completo avalia desempenhos e competências

Muitas empresas têm o trabalho de realizar processos que avaliam somente competências comportamentais.

Mas, o processo de avaliação de desempenho fica “perneta” quando só as competências comportamentais são avaliadas.

Para que o processo cumpra o seu papel estratégico, ele precisa ser completo. Ele precisa avaliar desempenhos e competências (técnicas e comportamentais).

Como dito anteriormente, os resultados das avaliações geram uma base de informações que orientam os planos e decisões de gestão de pessoas. Os resultados devem mostrar, sobretudo, duas informações elementares:

a) Onde estão as forças e deficiências dos desempenhos

Essa informação vai orientar as decisões de remuneração estratégica. Isto é, mostra quem é elegível para receber bônus, PLR, ou outro incentivo financeiro.

Da mesma maneira, orientam outras decisões que consideram o desempenho como critério de análise.

b) Onde estão as forças e deficiências das competências que impactam os desempenhos.

Essa informação evidencia as necessidades mais críticas de desenvolvimento. Dessa forma, é possível priorizar as competências que mais impactam os desempenhos das pessoas. Com esse foco, os programas de treinamento, bem como os PDI planos de desenvolvimento individuais (PDI) serão mais efetivos.

Assim o RH pode ajudar ainda mais os líderes na promoção da alta performance das suas equipes. Isso, sem dúvida, aumenta o valor do RH para as lideranças e para a empresa.       

II. Processo de avaliação não é gestão de desempenho

Rodar processos periódicos de avaliação de desempenho, não é fazer gestão de desempenho!

A gestão de desempenho é um processo maior, que envolve várias etapas como, por exemplo:

  • planejamento, definição e comunicação de metas,
  • acompanhamento da execução do que foi planejado,
  • monitoramento dos indicadores de desempenho,
  • processo de avaliação e feedbacks,
  • ações de desenvolvimento para melhorar os desempenhos
  • orientações, ajustes e ações para o alcance de metas
  • etc.

Ou seja, a avaliação de desempenho é apenas uma parte do processo de gestão. Se quiser saber com mais detalhes como funciona o processo de gestão de desempenho, baixe este e-book.

III. Avaliação de desempenho é ferramenta da liderança

Tanto a gestão, quanto a avaliação de desempenho são da responsabilidade das lideranças. Não são coisaa do RH, como muitos gestores ainda pensam!

Por isso, quando você for definir desempenhos e competências, as lideranças precisam participar dessa construção. Nesse sentido, é importante ficar claro para os líderes:

Primeiro, que o desempenho deles é o reflexo do desempenho das suas equipes. Segundo, que desempenho de cada liderado é impactado pelas forças e deficiências das suas competências.

Por isso a participação deles na definição de desempenhos e competências é essencial. Essa construção conjunta é importante para que depois eles se se comprometam com as ações de gestão de pessoas. Entre essas ações estão o processo de avaliação e o processo de feedback

Com esses três pontos bem claros, reflita como funciona a avaliação de desempenho na sua empresa.

Se quiser mergulhar no aprimoramento desse processo, dá uma olhada neste Guia:

https://blog.cohros.com.br/avaliacao-de-desempenho/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Compartilhe